Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Limping Mackerel

The Limping Mackerel

29
Mai20

Loucura

Um dos meus medos remotos é o medo de enlouquecer. Já é difícil para mim (e para a minha família) lidar com a minha esquisitice, mas sei que podia ser muito pior. Consigo imitar os outros, consigo comportar-me de maneira aceitável em público, e não sou um perigo para a integridade pessoal e material. Não sou normal, mas consigo fingir que sou.

Tenho medo de perder a pequena ligação à realidade que tenho. Tenho medo de perder a consciência e a vergonha que me dizem como agir em público. Tenho medo que a minha paranóia inata me consuma e me torne um perigo. Se alguma vez isso acontecer espero que não me ouçam, e que me internem e mediquem aos primeiros sinais de delírio. Venham as amarras e os efeitos adversos, desde que não me perca completamente.

20
Mai20

Janela matinal

É um luxo poder dormir com as portadas das janelas abertas, sem ter vergonha de vizinhos ou medo de ladrões. Ter luz solar ainda antes de acordar ajuda-me a sair da cama com mais energia, e muito antes do alarme tocar. Mesmo detestando o verão tenho que admitir que passar o dia inteiro com janelas abertas, sem lixo e fumo a entrar, é uma bênção.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D